Fashion delivery: como funciona o serviço que leva sua loja até a casa do cliente

Fashion delivery: como funciona o serviço que leva sua loja até a casa do cliente

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

Deixar uma sacola com peças de roupa ou calçados na casa do cliente, para que ele possa experimentar e decidir com calma o que vai comprar, é uma prática tradicional do comércio que está voltando a ser tendência nos dias de hoje, turbinada pelas tecnologias digitais. 

O que antes era conhecido como venda condicional ou venda consignada, agora atende pelo nome de fashion delivery

Apesar do nome em inglês, é um modelo de vendas bem simples de entender.

Você prepara uma mala com peças pré-selecionadas pelo cliente (ou mesmo com sugestões da própria loja, escolhidas com base em um perfil cadastrado) e envia para que ele possa experimentar em casa. 

Depois de um ou dois dias, você recolhe a mala com as peças que sobraram e o cliente fecha a compra usando diferentes modelos de pagamento remoto.

É como se a sua loja fosse até a casa do cliente!

Além de trazer mais conforto e conveniência para o consumidor, essa forma de vender a domicílio tem sido uma excelente alternativa para continuar atendendo durante a pandemia de Covid-19.

Já pensou em fazer algo assim no seu negócio?

Neste artigo, vamos dar algumas dicas para quem quer implantar o fashion delivery em lojas de roupas e calçados. Confira a seguir!

Delivery com ajuda da tecnologia

Se antes essa modalidade de venda era conduzida de maneira quase informal, atualmente o varejo de moda já busca ferramentas para organizar e automatizar esse serviço.

Existem ferramentas específicas para a gestão do fashion delivery, que podem ser alimentadas pelos dados já existentes no seu cadastro de clientes

Caso seja necessário buscar ainda mais informações sobre o comportamento de compras, é possível solicitar o preenchimento de um formulário online para poder ser atendido dessa forma. 

Esse formulário deve ser usado para obter informações sobre estilo e gosto pessoal do cliente, bem como seus tamanhos. 

Para lojas menores, é possível organizar algo parecido criando uma galeria de produtos online para que o cliente possa escolher e aceitar pedidos pelo WhatsApp ou pelo Instagram.

Mas se você pretende fazer isso em escala, com um número maior de consumidores, vale a pena procurar uma ferramenta específica.

Especialmente para poder ter um controle melhor do estoque, devido ao fluxo intenso de produtos indo e voltando de diversos lugares diferentes ao mesmo tempo.  

Alternativa durante a pandemia

Além de incrementar a experiência do cliente, proporcionando muito mais conveniência e praticidade, o fashion delivery ajudou a salvar alguns negócios do varejo durante a pandemia.

Para muitos lojistas, vender em consignação foi a melhor alternativa para continuar prestando um atendimento personalizado e manter a proximidade com o cliente.

Muitos lojistas inclusive já haviam detectado essa tendência antes da pandemia e estavam pensando em implantar esse modelo de vendas, sem contudo fazer um movimento mais direto para colocar a mão na massa. 

Com a chegada do novo coronavírus a necessidade falou mais alto e a ideia foi rapidamente tirada do papel e se tornou uma prática comum no dia-a-dia das lojas.

Dicas para operar com fashion delivery

A seguir, você confere algumas dicas que vão ajudar sua loja a implantar uma estrutura de fashion delivery como modelo de negócios.

Tenha prazos bem definidos

Para funcionar sem problemas, o serviço precisa ter prazos bem definidos para a entrega e o retorno das mercadorias. Certifique-se de que eles estão bem claros para o cliente, que deve saber que terá, por exemplo, até 48 horas para se decidir antes da loja ir buscar a mala.

Capriche na embalagem

Além da qualidade dos produtos em si, a forma com que eles serão entregues na casa do cliente também pode influenciar na decisão de compra. Busque padronizar a embalagem do serviço de entrega, usando malas ou sacolas personalizadas com a logo da loja. 

Inclua a listagem dos itens 

Envie sempre na mala uma listagem dos produtos que estão sendo deixados na casa do cliente, para facilitar o controle dele na hora de organizar os itens para devolução. A mesma listagem deve conter informações como tamanhos, cores e preços, para que o cliente não precise consultar o vendedor para saber os detalhes de cada peça. Essa mesma lista deve ser usada pela loja para conferir as malas que retornam, para ver se nada foi esquecido.

Atente para a segurança da operação

Essa modalidade de vendas não deve estar disponível para qualquer cliente da sua loja, principalmente se é alguém que está comprando pela primeira vez. O melhor é oferecer o fashion delivery como um serviço especial, apenas para clientes fidelizados e recorrentes na loja. Se você vende no crediário, pode ser uma boa ideia usar o score de crédito como base para selecionar um grupo de clientes confiáveis para começar a trabalhar dessa forma.

Mantenha um cadastro completo e atualizado

Quem vende no crediário também já sai na frente nesse item. O cadastro da loja já tem as informações básicas do cliente, como endereço, nome completo, CPF, RG etc. Você só precisa complementar esses dados com informações mais voltadas ao estilo do cliente e seus produtos de interesse. Assim é possível incluir na mala alguns itens que você sabe que vão agradar!

Personalize a experiência

Mesmo que você esteja vendendo à distância, sua loja ainda pode prestar um atendimento personalizado e exclusivo. Que tal disponibilizar um canal online para tirar dúvidas do cliente em tempo real? Ou então colocar um personal stylist disponível por videochamada? Dessa forma, ele pode até mesmo ajudar a compor looks usando produtos da loja com peças que o cliente já tem no guarda-roupa..

Crediário com fashion delivery é possível?

Se você gostaria de oferecer o serviço de fashion delivery, mas não quer abrir mão de vender no crediário, saiba que hoje em dia não é mais necessário trazer o cliente até a loja para pagar o carnê.

Sua loja pode parcelar as vendas e fazer a aprovação à distância por meio de um aplicativo de crediário digital com proteção antifraude e análise de crédito automática.

E para garantir ainda mais a sua segurança, apenas os seus consumidores já cadastrados anteriormente no crediário podem ter essa facilidade agora pelo WebApp. Quando esse for o caso, basta acessar o site: https://crediario.app/.

As vendas parceladas podem ser recebidas facilmente usando um QR Code ou Token Numérico.

Quer saber mais sobre a tecnologia que vai ajudar a adaptar suas vendas no crediário ao modelo de fashion delivery?   

Clique aqui e agende uma conversa com um de nossos consultores!

Publicado por: Milton Goetten de Lima