Como preparar meu estoque para a sazonalidade de mercado?

Como preparar meu estoque para a sazonalidade de mercado?

O mercado está cada vez mais competitivo e a economia passa por momentos de instabilidade, desafiando as empresas a encontrarem soluções criativas para se destacarem. Assim, lojistas estão expostos a muitos desafios para manter suas lojas prosperando e de portas abertas. 

Porém, além destes desafios, existe outro ponto que pode fazer muitos lojistas perderem o sono: a sazonalidade de mercado. Este fenômeno pode trazer sérios prejuízos para os lojistas que não estão preparados, prejudicando seriamente o giro de estoque, faturamento e fluxo de caixa das empresas.

No entanto, com a preparação certa, o impacto da sazonalidade pode deixar de ser um problema para se tornar uma solução. Quer saber como? Então leia este artigo e descubra!

O que é sazonalidade de mercado?

A sazonalidade de mercado é uma flutuação temporária que ocorre na demanda de produtos e serviços. Logo, ela pode diminuir ou aumentar as vendas das empresas em determinados períodos de tempo. 

As causas da sazonalidade são inúmeras, podendo estar relacionadas às:

  • Estações do ano;
  • Modismos;
  • Crises;
  • Datas comemorativas;
  • Eventos culturais.

Diante de tantos fatores, é difícil se antecipar para deixar de sofrer com estas oscilações. Porém, este fenômeno sazonal pode ser positivo ou negativo, existindo dois tipos de sazonalidade da demanda: 

  1. Sazonalidade positiva aumenta a demanda por produtos;
  2. sazonalidade negativa diminui esta demanda, impactando negativamente nas vendas.

Sazonalidade Positiva

Um ótimo exemplo de sazonalidade positiva é a alta demanda por roupas de frio que ocorre no inverno. Outros exemplos de flutuação positiva incluem o aumento no consumo de sorvetes no verão, venda de chocolate na páscoa, buscas por fantasias no carnaval etc.

Sazonalidade Negativa

A sazonalidade negativa é a que mais preocupa os lojistas. Ela pode ser facilmente observada na baixa demanda por roupas de frio ocorrida no verão, diminuição nas vendas de guarda chuva em épocas de seca e até a pouca busca por panetones fora do período natalino.

As dificuldades da sazonalidade do mercado

Empresas de diversos segmentos sofrem com a variação sazonal da demanda de produtos, precisando estar atentas e preparadas para não serem prejudicadas nesse vai e vem do mercado. Afinal, o estoque das lojas pode ficar parado durante as temporadas de baixa nas vendas, enquanto o capital de giro e o faturamento são prejudicados.

No entanto, não são só os momentos de baixa sazonal que representam problemas para os lojistas. Afinal, a sazonalidade positiva pode representar perda de oportunidades de vendas se não for aproveitada corretamente. Além disso, os clientes podem ficar insatisfeitos caso faltem produtos para atender a demanda extra. 

É preciso estar prevenido para não sofrer com os impactos da sazonalidade de mercado, aproveitando as flutuações sazonais. Confira as dicas abaixo e garanta que seu estoque esteja preparado!

1 – Faça uma análise de dados e planeje suas compras

O primeiro passo para se antecipar e tirar proveito da sazonalidade de mercado sem sofrer com quedas no faturamento é analisar todo o histórico de vendas da sua empresa. Portanto, procure por padrões de oscilações sazonais nas vendas de produtos. 

Analise e verifique como foi o desempenho geral das vendas de cada produto em seu inventário ao longo dos anos. Então, busque padrões de queda ou alta nas vendas, verificando a sazonalidade de mercado ao cruzar com as datas comemorativas, eventos e variações climáticas, por exemplo.

Após identificar quais produtos vendem mais ou sofrem quedas em cada período do ano, faça um planejamento de suas compras e reposições de estoque para os próximos meses. 

Tenha em mente a necessidade de variar o estoque de cada produto conforme suas necessidades sazonais! Neste ponto, baseie-se em dados sólidos e evite especulações sem fundamento.

2 – Faça investimentos pontuais na sazonalidade positiva

Em períodos de sazonalidade positiva, o lojista pode investir um pouco mais nos produtos com maior demanda, aproveitando o aumento nas vendas para alavancar seu faturamento de forma estratégica. Nestes períodos, vale a pena fazer investimentos pontuais para aumentar o estoque de produtos mais procurados.

Por isso, é importante manter uma reserva de capital especialmente para sazonalidades de mercado nas quais aquisições extras são necessárias. Afinal, ter um estoque que atenda a sazonalidade positiva irá garantir que seus clientes fiquem satisfeitos ao encontrarem os produtos que procuram, fortalecendo a imagem da sua marca.

E se for difícil ter capital para estes períodos, pode-se recorrer à diminuição de investimentos em produtos em baixa e até mesmo antecipar recebíveis, caso a loja ofereça crediário. Assim, o lojista surfa positivamente na oscilação positiva do mercado e obtém lucros que irão ajudá-lo nos períodos de baixa.

3 – Faça promoções na sazonalidade negativa

Passar por períodos de baixa nas vendas não é fácil e exige sabedoria e jogo de cintura para que os danos sejam minimizados. Promoções e ações estratégicas de marketing são ótimas para reduzir os prejuízos, aumentar o giro de estoque e equilibrar seu faturamento durante a sazonalidade negativa.

Nestes períodos, vale a pena reduzir sua margem para fazer queimas de estoque, evitando que ele fique parado e prejudique seu capital de giro. 

Além disso, as promoções minimizam o impacto da sazonalidade de mercado negativa, evitando que os produtos estraguem enquanto estão “encalhados”. Isto é ainda mais importante para quem trabalha com produtos perecíveis. 

4 – Seja flexível com seu portfólio de produtos

Durante períodos de sazonalidade negativa é muito importante ser flexível com seu portfólio de produtos, planejando previamente as compras e investindo em mercadorias substitutas que tenham mais demanda. Afinal, mesmo que um produto esteja em baixa, outra relacionada pode estar em um momento de sazonalidade positiva.

Um ótimo exemplo de flexibilidade no portfólio de produtos pode ser uma loja de roupas que reduz seu estoque de biquínis e investe em moletons, casacos e calças em períodos mais frios.

Neste ponto, sempre haverá uma oportunidade para diversificar seu portfólio de produtos em estoque, adequando-se à sazonalidade de mercado. Afinal, a demanda dos consumidores está sempre presente, bastando somente que o lojista esteja atento e bem preparado para aproveitar estes ciclos de consumo.

Conclusão

Como podemos ver neste artigo, a sazonalidade de mercado é um fenômeno inevitável que afeta diretamente o giro de estoque e o faturamento das empresas. No entanto, este impacto será positivo ou negativo de acordo com o planejamento e atitudes do lojista. 

Por isso, o empresário não deve enxergar esta flutuação nas vendas como algo negativo, mas sim como uma variação natural que pode ser aproveitada. Por isso, se você quer deixar de sofrer com a sazonalidade de mercado e aproveitar todos os seus benefícios, siga as dicas deste artigo e faça um planejamento de estoque adequado. 

Desta forma, sua loja será eficiente em todas as épocas do ano, podendo prosperar mesmo enquanto a concorrência sofre com as baixas sazonais. Assim, sua empresa conquistará a preferência dos clientes e crescerá cada vez mais. 

Publicado por: Rede Brasil Crediário