Como cobrar um cliente? (e realmente receber!)

Como cobrar um cliente? (e realmente receber!)

Aprender como cobrar um cliente é um desafio para a maioria dos varejistas. A função de cobrança nunca foi muito bem vista, logo, a tendência é sentir vergonha ou ficar muito incomodado nesse momento. 

Infelizmente, cobrar é necessário, especialmente se você deseja receber corretamente do consumidor. Contudo, não há motivo para tanta preocupação. Confira nossas dicas a seguir e facilite este processo!

Como cobrar um cliente: passo a passo

Como cobrar um cliente sem parecer grosso, irritante ou inconveniente? É bastante difícil, mas existem processos que o ajudam a passar por esse momento com o menor número de atritos possível.

Observe o passo a passo abaixo e não esqueça de aplicá-lo em detalhes no seu dia a dia!

1. Lembre-o do pagamento

Sabia que existem maneiras educadas e até prestativas de cobrar seu cliente? Na realidade, muitas vezes o que você está fazendo é um favor, e não um incômodo. Quem nunca esqueceu de pagar a fatura do cartão e só lembrou depois que recebeu um telefonema ou e-mail do banco?

O primeiro contato para cobrança é um tipo de favor que você oferece ao cliente. Ele deve ser amigável e servir de lembrete. Recomendamos utilizar mensagens como: Olá, primeiro nome! Acho que você esqueceu do pagamento do dia X.

Nesse momento de cobrança ainda não é necessário ligar para o cliente. Um simples contato por WhatsApp, mensagem de texto ou e-mail é o suficiente!

2. Comece as ligações

Muita gente não responde o e-mail lembrando que a data do pagamento já passou, mas paga e segue a vida normalmente. Afinal de contas, a maior parte das pessoas não está conscientemente atrasando as parcelas. Muitas vezes, foi um engano ou pequeno problema financeiro que a impediu de pagar no prazo.

No entanto, outras ignoram a mensagem de lembrete e continuam sem pagar. Se esse for o caso do seu cliente, você pode passar para a próxima etapa. Agora, chegou o momento de começar os contatos telefônicos. Mas não ligue de primeira!

Antes de tudo, entre em contato por e-mail avisando que você percebeu que o pagamento ainda não foi feito e que entrará em contato por telefone para negociar. Meia hora depois faça a ligação para conversar. Se o cliente não atender, tente novamente algumas horas mais tarde.

3. Ofereça opções de negociação

Um grande erro de quem está aprendendo como cobrar um cliente é dizer que pode negociar a dívida sem dar opções. Antes mesmo de ligar para o devedor, você já precisa das opções de negociação prontas. Assim, durante a ligação basta oferecer e explicar cada uma delas!

Quando a pessoa vê um número de opções claro, existe um sentimento de controle. Além disso, fica muito mais fácil de fazer uma escolha e cumpri-la. Se você fala que “podemos negociar” o cliente ficará em dúvida sobre qual a melhor forma de fazer isso.

4. Avalie a necessidade de uma disputa jurídica

No fim das contas nada deu certo? Talvez, seja o momento de começar uma disputa jurídica para conseguir receber. No entanto, antes de ir atrás de um advogado para começar o processo, confira se existe um contrato de venda ou prestação de serviço.

Boa parte dos pequenos negócios não gera contratos na hora do pagamento. É um grande erro que o deixa sem poder de negociação judicial. Nesse caso, o mais econômico é aceitar que o cliente não pagará e gerar contrato para as próximas compras.

Mesmo quem tem contrato assinado algumas vezes não vai à justiça. O processo para receber o pagamento é longo, árduo e gera custos com advogados. Dependendo do caso, não vale a pena gastar esse tempo.

Dicas para ser amigável durante a cobrança

Entender como cobrar o cliente com eficiência é questão de jeito. Sendo amável e amigável, as chances de receber o dinheiro devido são muito mais altas. Confira algumas dicas para conseguir conquistar o coração do devedor e convencê-lo a pagar!

1. Envie mensagens escritas

Antes de fazer dez ligações para a pessoa que deve dinheiro, envie um e-mail. Ligações são inconvenientes, incomodam e geram um sentimento de perseguição. As chances de que o consumidor já atenda irritado são altas, então, por que arriscar de primeira?

Comece o processo de cobrança com e-mails amistosos. Assim, você dá a oportunidade ao cliente de responder no momento mais adequado.

2. Tenha linguagem respeitosa

Mesmo que o consumidor esteja devendo pagamentos há meses, ele merece respeito. Trate-o como um amigo importante que você não pode perder de maneira alguma e nunca seja agressivo, especialmente ao telefone.

Clientes que são expostos ao ridículo ou ameaçados durante o processo de cobrança têm menores chances de pagar. Entender como cobrar um cliente também significa controlar as emoções e tratar a pessoa muito bem.

3. Aproveite a tecnologia

Existem ferramentas tecnológicas que podem auxiliá-lo a entender e aplicar como cobrar um cliente. Os sistemas de gestão de crediário são um exemplo. Eles não te deixam perder os princípios da cobrança humanizada, ajudando-o a obter os melhores resultados. E aliviam, ainda, o estresse de cobrar.

Trabalhar com uma cobrança humanizada, que leva em consideração o lado do cliente e o trata com respeito e dignidade faz toda a diferença nos resultados. O passo a passo descrito aqui precisa ser seguido levando em consideração a ideia de um atendimento humanizado. Quando o cliente entende que sua empresa se preocupa com ele e seu bem-estar, a inadimplência cai bastante. Siga as dicas que selecionamos para e perceberá a diferença!

Publicado por: Rede Brasil Crediário