Queda nas vendas? Aprenda técnicas de vendas para vender mais e se destacar da concorrência

Queda nas vendas? Aprenda técnicas de vendas para vender mais e se destacar da concorrência

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

Seu negócio tem sofrido com a queda das vendas? Isso é normal, nos últimos tempos, muitos empreendimentos têm passado por essa situação ao encarar a crise que chegou com a pandemia. E esse problema, na verdade, pode atingir qualquer um, entretanto, vale lembrar que, quando não é contornado, torna-se difícil manter o negócio lucrativo e atraente.

A boa notícia é que é possível reverter a queda aplicando boas técnicas de vendas para vender mais. Agora, talvez você se questione: preciso mesmo dessas tais técnicas de vendas?

A resposta é sim! As técnicas de vendas são fundamentais para se destacar da concorrência. E, no mundo atual, com o avanço da tecnologia, essa concorrência é grande. São muitas as possibilidade de compra, muitas ofertas, opções e, para se destacar, as técnicas são a solução. 

Com algumas estratégias usadas pelos maiores vendedores, é possível tornar o produto ou serviço super tentador e passar a vender muito mais. Para conhecer essas técnicas, é só acompanhar a leitura!

O que são técnicas de vendas?

As técnicas de vendas são, basicamente, práticas e métodos que, quando aplicados da forma correta, estimulam a performance, trazendo melhores resultados para a área comercial.

Muitas delas foram inventadas com muito embasamento científico. Em suma, são baseadas em princípios lógicos e racionais, além de condutas sociais e comportamento humano, focando nas necessidades, atitudes e hábitos dos consumidores.

Sabendo de sua importância e eficácia, vamos ao que interessa…

Quais são as técnicas de vendas?

Para te ajudar a reverter a queda nas vendas e passar a vender mais, listamos algumas técnicas e boas práticas de vendas que podem realmente recuperar o modo atraente do seu negócio e destacá-lo diante de tanta concorrência.

Melhore o relacionamento com os clientes

Antes de aplicar técnicas bem mais direcionadas, você precisa ter certeza que está em condições de abordar seus clientes. Estou me referindo ao relacionamento com eles. 

É necessário que esse relacionamento seja sempre positivo. E, para avaliar isso, busque manter pesquisas de satisfação

Se seu negócio tem uma equipe comercial, aplique essas pesquisas de satisfação para entender o nível dos colaboradores. Posteriormente, invista em treinamentos que possam deixá-los cada vez mais preparados.

Ajude o cliente a entender as próprias necessidades

Muitas vezes um cliente não entende bem quais são as necessidades dele mesmo naquele momento. Nesse caso, você, vendedor, pode interferir na jornada mostrando que o seu produto ou serviço é o que ele precisa.

Se você conhecer as dores dos clientes, então, melhor ainda. Você pode fazer as ofertas dos produtos tocando nessa dor, mostrando como o seu negócio resolve o problema dele.

Além disso, você pode evidenciar os pontos do seu negócio que faz seu produto se destacar dos concorrentes. Pense sobre seus diferenciais e entregue isso aos clientes.

Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são técnicas de vendas bem embasadas no comportamento do consumidor, envolvendo psicologia e outras áreas de conhecimento. 

É possível observar que são decisões que o comprador faz quase que por impulso. Em outras palavras, cérebro evita o esgotamento de pensar muito para tomar uma decisão de compra e simplesmente se deixa levar pelos impulsos – que são as estratégias aplicadas por você, vendedor.

Alguns exemplos são: reciprocidade, escassez, urgência, cross selling e up selling. Adiante, vamos detalhar alguns desses.

Cross selling 

O cross selling é também conhecido como venda cruzada. Nessa técnica, você oferece um serviço ou produto complementar ao que o cliente já está adquirindo. Fazendo assim, é possível estimular o consumidor a comprar mais, além de oferecer uma experiência diferenciada ao cliente se for bem aplicada.

Um bom exemplo do cross selling é quando você vai até uma loja de artigos esportivos e, ao comprar um tênis, o vendedor oferece um par de mais ou algo que é de fato complementar.

Esse exemplo, inclusive, evidencia um ponto importante: o cross selling precisa acontecer de forma natural. De nada adianta o consumidor ir até à farmácia comprar um remédio e o vendedor oferecer chocolate. Não são necessariamente produtos complementares, concorda?

Na lógica do cross selling, o cliente compra ao ver mais vantagens em levar o “combo”, isto é, os produtos oferecidos como complementares. 

Up selling

O up selling é outra técnica de vendas que é, inclusive, utilizada por muitos empreendimentos grandes. Estima-se que esse método é responsável por 35% das vendas da Amazon. E se você conhece o marketplace, já deve imaginar sobre o que eu estou falando.

Nessa técnica, você oferece uma espécie de upgrade ao que o cliente está comprando. É bem parecida com a lógica do cross selling. A diferença está justamente na complementação, já que, no caso do up selling, não é necessário ser tão semelhante.

A Amazon começou com essa técnica ainda em 2006 usando a frase “clientes que compraram este item também compraram…”, algo que acaba gerando curiosidade e atração por parte dos consumidores.

Use a criatividade

Além dos gatilhos mentais, é preciso que os vendedores usem a criatividade na jornada da venda. Os últimos tempos trouxeram um novo perfil de cliente ao varejo e, por isso, é preciso investir em inovações para vender mais.

Em um atendimento, procure explorar argumentos que envolvam o consumidor e chame sua atenção. Relembre os benefícios do produto durante a rotina do cliente e lembre-se das dores já mencionadas.

Aposte em marketing

Quando falamos sobre vendas, também falamos sobre marketing. Todos os gatilhos e técnicas já faladas utilizam a mesma lógica de um bom marketing, focado no consumidor, suas necessidades e dores e também nos benefícios e diferenciais do produto.

Por esse motivo, a recomendação é utilizar o melhor da tecnologia. Aposte nas mídias sociais para construir um posicionamento da sua marca online e conquistar mais clientes – acredite nisso, é possível até mesmo vender pelo Whatsapp.

Se seu negócio já tem uma equipe de marketing, procure manter ela e a equipe de vendas bem alinhadas, afinal, o propósito das duas é o mesmo: vender mais!

Por fim, depois de entender o universo do seu cliente, aplicar os gatilhos mentais e se posicionar no meio online, lembre-se de oferecer as melhores opções ao cliente.

 

Gostou de conhecer essas técnicas? Qual delas você não vai deixar de aplicar? Conte-nos sua experiência nos comentários!

Publicado por: Milton Goetten de Lima