Vale a pena terceirizar a cobrança de devedores na sua loja?

Vale a pena terceirizar a cobrança de devedores na sua loja?

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

Há uma pergunta muito importante que volta e meia surge entre os lojistas que trabalham (ou pretendem trabalhar) com crediário: 

Devo terceirizar a cobrança ou trazer essa tarefa para dentro da loja?

Você sabe que oferecer crediário pode ser muito interessante para aumentar suas vendas, mas trata-se de uma operação que tem o seu risco.

E por mais que você tome medidas para se proteger, é realmente impossível vender no carnê com inadimplência zero.

Diante disso, muitos lojistas preferem encarar o desafio e montar uma estrutura exclusiva para tratar da cobrança, o que inclui gastos com mão de obra extra para administrar uma pequena central de contato com devedores.

Mas acredite, dependendo do porte da sua empresa esse investimento todo em cobrança não se justifica.

Afinal de contas, você montou um negócio no varejo porque sua vocação é vender, atender bem o cliente, negociar com fornecedores… e não correr atrás de devedores!

Cobrar não é a mesma coisa que vender 

Sua loja pode ter a melhor equipe de vendedores do mundo, mas para trabalhar com cobrança você vai precisar de profissionais com treinamento específico e muito cuidado para não “errar o tom” ao lidar com os inadimplentes.

Se a cobrança não for feita de forma extremamente profissional e humanizada, sua empresa pode acabar tendo que lidar com um processo por danos morais.

Além disso, ainda há todo o tempo e dinheiro gastos se preocupando com o controle dos recebíveis, negociação e negativação. 

Não seria melhor deixar tudo nas mãos de uma empresa especializada e concentrar-se apenas em vender e expandir sua rede?

É para isso que empresas como a Tidas e a Servipa incluem a gestão de cobrança entre os serviços de gestão de crediário que prestam a milhares de lojistas em todo o país.

Utilizando recursos avançados de inteligência de dados, elas analisam o perfil de cada devedor e acionam as estratégias mais adequadas para cada situação.

Vamos entender melhor como funciona esse tipo de cobrança terceirizada.

Cobrança com inteligência e eficiência

Do que adianta cobrar em 10 dias um cliente que já é acostumado a pagar com 20 dias de atraso?

São situações como esta que o departamento de cobrança dessas empresas consegue identificar. 

No caso, sabendo desse comportamento do cliente, a loja só vai cobrá-lo se o atraso for maior que 20 dias, reduzindo o custo com um contato desnecessário.

Analisando o histórico e os dados cadastrais de cada devedor, o sistema dessas empresas vai classificá-lo e encaixá-lo em uma fase específica do processo de cobrança. 

Os principais critérios para isso são o tempo decorrido desde o vencimento e a quantidade de parcelas já pagas na rede. 

Outra vantagem de contar com um serviço terceirizado é a garantia de que a cobrança será feita de forma 100% profissional, em um contato amigável com o devedor.

Os funcionários dessas empresas se apresentam sempre em nome da loja e são orientados para priorizar o bom relacionamento com o consumidor. 

Como é feito o contato com o devedor?

Tanto a Tidas quanto a Servipa contam com equipes de profissionais especialmente treinados para essa tarefa e focados em recuperar o crédito dos clientes.

Nos primeiros contatos, a intenção do cobrador é apenas lembrar o compromisso assumido com a loja. 

Caso não seja bem sucedido, um novo contato alertará o cliente das consequências da falta de pagamento, incluindo a possibilidade de negativação nos órgãos de proteção ao crédito e o protesto da dívida.

Mesmo nesses casos, o relacionamento com o cliente deve estar acima de tudo.

Quando um cliente é negativado, a equipe de cobrança procura manter o contato para oferecer a ele a possibilidade de renegociação da dívida.

Diferentes recursos para contatar os inadimplentes podem ser usados, e eles variam de acordo com o perfil do devedor. 

Antes mesmo do vencimento da parcela, são enviadas mensagens de SMS automáticas para reforçar a pontualidade no pagamento. 

Após o vencimento, uma série de mensagens de cobrança são enviadas periodicamente a partir da data em que o sistema registrou o atraso.

Se nada disso adiantar, são feitas ligações telefônicas buscando um contato mais direto com o cliente.

Sempre cordiais, os telefonemas em um primeiro momento também servem apenas como lembrete. 

Caso o cliente permaneça inadimplente, novas ligações são feitas alertando sobre a possibilidade de negativação

Para agilizar a comunicação, e dependendo do perfil da loja, esse contato pode ser feito também via WhatsApp ou e-mail. 

Como saber se a cobrança está dando resultado?

Se você optar por um serviço terceirizado, deve procurar garantir uma forma de acompanhar o andamento das cobranças.

Ter uma boa noção desse processo é importante para não ter surpresas desagradáveis na gestão do fluxo de caixa da loja.

No caso dos serviços de cobrança prestados pela Tidas e da Servipa,  o lojista pode acompanhar todas as cobranças em andamento no seu próprio sistema de gestão de crediário.

Se necessário, é possível consultar o caso de um cliente específico e também conferir todas as promessas de pagamento feitas na loja.

Mas você só supervisiona. Todo o “trabalho pesado” da cobrança fica por conta da empresa contratada.

Optando pela cobrança terceirizada, sua única preocupação é vender!

Clique aqui para saber mais sobre este serviço.

 

Publicado por: Milton Goetten de Lima