Crediário fácil: uma solução bem-vinda para o lojista e o cliente

Crediário fácil: uma solução bem-vinda para o lojista e o cliente

As vendas no varejo brasileiro estão praticamente estagnadas. De acordo com o IBGE, o crescimento foi de apenas 2,3% em 2018 – a maior alta em cinco anos. Com o comércio passando por tantas dificuldades, os lojistas precisam procurar soluções.

Nós temos uma sugestão: o crediário fácil!

O fato é que a modalidade de pagamento está entre os motivos que fazem os clientes tentar evitar gastos. Afinal, ninguém quer ficar endividado no cartão de crédito e comprar tudo à vista pode sair pesado.

Quem fica sem opções para pagar parcelado acaba diminuindo o ticket médio de compra. Ou seja, procura gastar menos para conter as dívidas.

Se você considerou adotar o crediário na sua loja como solução para o problema, muito bem!

Mas antes de adotá-lo é importante conhecer mais sobre essa forma de pagamento, entender seus benefícios e até seus riscos para aderir ao modelo com segurança.

Quer saber por que o crediário fácil ajuda o lojista a obter sucesso e vender mais?

Continue a leitura e veja também que tipo de clientes preferem comprar no crediário.

Por que crediário fácil é uma solução para o lojista?

Os consumidores estão inseguros com a economia e procuram maneiras de conter seus gastos. De acordo com o Diário do Comércio, o poder de compra vem recuando e impedindo a expansão do varejo no país.

O consumidor que, anos atrás, podia gastar uma quantia X em uma loja de roupas, por exemplo, precisa se contentar com um valor bem menor agora.

A única solução para esse cliente – se ele quiser continuar gastando a mesma quantia – é comprar parcelado no crédito, no cartão da loja ou no crediário.

Mas será que as compras a prazo realmente são tão adoradas pelos consumidores?

Muitas famílias consideram o cartão de crédito um dos grandes vilões do endividamento e estudos confirmam isso.

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor mais de 78% das famílias entrevistadas apontaram o cartão como uma de suas principais dívidas.

O resultado é um número cada vez maior de pessoas que buscam solucionar o problema do parcelamento sem cartão de crédito.

Sua loja já oferece a solução de um crediário fácil?

Se a resposta é não, provavelmente você está perdendo vendas.

Como saber se sua loja está preparada para o crediário fácil?

É claro que o crediário é uma solução ideal para lojistas que desejam atrair novos clientes e até fidelizar os antigos.

No entanto, é importante avaliar seu negócio antes de aplicá-lo. Assim, é possível evitar prejuízos com a inadimplência.

Tudo começa com um bom estudo da sua empresa, produtos, mercado externo e, principalmente, clientes.

Agora, veja os fatores que devem ser considerados antes de adotar uma política de crediário fácil.

Estudo dos clientes

Os clientes são os principais interessados no crediário fácil. Outras opções de crediário, como o oferecido por financeiras, não são tão interessantes para a maioria deles.

As financeiras demoram muito na análise de crédito e, em quase todos os casos, não liberam o valor ou as condições de pagamento que o consumidor precisa.

O primeiro ponto que você deve avaliar na sua loja é se o crediário é uma facilidade que o cliente procura.

Sabe como descobrir isso? Converse. Ninguém conhece melhor seu público do que você e a equipe que está diariamente em contato com ele.

Estudo do mercado

As instabilidades do mercado influenciam bastante as opções de pagamento do consumidor. Em um momento de alta no poder aquisitivo da população a tendência é que as compras em dinheiro e débito aumentem.

No entanto, boa parte das regiões do país está em um momento de estagnação ou retração do poder de compra.

Além de entender como está o mercado e a economia, é importante estudar a concorrência.

O que leva seus clientes para eles e não para a sua loja?

Talvez as opções de pagamento estejam entre os motivos.

Confira como está a procura pelo crediário nos concorrentes ou em lojas do mesmo setor para entender se esta é uma solução viável para você.

Estudo dos produtos e ticket médio

O ticket médio corresponde ao valor médio das compras realizadas na sua loja. Com a adoção do crediário fácil, a tendência é que esse valor aumente, já que fica mais simples parcelar o pagamento.

Caso o seu ticket médio esteja baixo atualmente, é um sinal de que o consumidor está contendo seus gastos por algum motivo.

Quem compra no crediário próprio?

Outra preocupação comum para lojistas que estão prestes a adotar o crediário próprio é saber se o cliente realmente deseja essa forma de pagamento.

Então, é preciso descobrir quem compra no crediário e se esse é o perfil do seu público.

A realidade é que quase todo mundo faz compras no crediário.

De acordo com o SPC Brasil, três em cada dez consumidores optam por essa forma de pagamento. As mulheres são recordistas, com 31% dos pagamentos nessa modalidade.

Além disso, 18% dos consumidores entrevistados na pesquisa do SPC relataram usar o crediário pelo menos três vezes ao mês. É um sinal de que oferecer mais formas de pagamento estimula o consumo e fideliza o cliente.

Quais lojas podem usar o crediário fácil?

“Minha loja é pequena, não posso usar o crediário fácil.”

Por acaso você já pensou dessa forma e deixou de aproveitar essa vantajosa forma de pagamento?

É um pensamento comum, mas bastante errado, pois mesmo os pequenos lojistas podem utilizá-lo.

Na realidade, o pequeno comerciante possui uma grande vantagem ao adotar o crediário: a proximidade com o cliente. Assim, ele consegue compreender melhor para quem ceder o crediário e como oferecer as melhores condições de pagamento.

Utilizar o crediário fácil é uma maneira de enfrentar a concorrência, mesmo que ela seja de maior porte.

Outro motivo que deve levar pequenos comércios a utilizá-lo é a fidelização, que mantém clientes voltando para novas compras mesmo quando existem outras opções no mercado.

E o risco de inadimplência?

A inadimplência é o fantasma que assombra todo varejista e ela parece ainda maior quando o assunto é crediário.

A primeira medida para evitá-la é adotar um sistema de análise de crédito eficiente e aplicá-la a todos, mesmo para clientes conhecidos pela loja. Essa é a maior proteção do lojista e nunca deve ser esquecida.

Também é importante criar uma relação de parceria com quem compra no seu crediário.

Utilize formas de cobrança automatizada para evitar o esquecimento e aproveite a relação estabelecida com o cliente para mudar o tom dessas mensagens.

Em vez de reclamar pela falta de pagamento, mostre que a loja é uma aliada disposta a ajudá-lo a se livrar da dívida.

Ao adotar uma boa análise de crédito e as formas de cobrança corretas, a inadimplência cai e o lojista consegue melhorar sua rentabilidade.

Agora você está pronto para aproveitar tudo que um crediário fácil tem a oferecer para o seu negócio.

Gostou da leitura? Tire dúvidas nos comentários do post.

Publicado por: Rede Brasil Crediário