Como reduzir a inadimplência da sua loja

Como reduzir a inadimplência da sua loja

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

Reduzir a inadimplência da sua loja é uma vontade? Queremos te ajudar!

Sabemos que, vendendo no crediário, às vezes é preciso lidar com muitas informações para uma gestão eficaz.

Mas saiba que vender no crediário com segurança e ter uma operação bem-sucedida é plenamente possível se sua loja tiver uma política de crédito bem estabelecida e um processo de cobrança respeitoso que mantenha um bom relacionamento com o cliente. 

Se não sabe por onde começar para reduzir a inadimplência, fique neste artigo, pois vamos esclarecer e te contar como fazer isso…

Lembre-se de consultar os órgãos de proteção ao crédito

Para controlar a inadimplência da sua loja, o ideal é evitá-la. É preciso ter controle dos pagamentos e o primeiro passo para isso é saber para quem se está vendendo.

Sendo assim, estabeleça uma política de cadastramento de clientes que envolva a consulta aos cadastro de proteção ao crédito em órgãos como SPC e Serasa.

Ao consultar o CPF do cliente em bases de dados como essas, você conseguirá saber se é uma pessoa inadimplente em outros estabelecimentos, estimando previamente se é um bom pagador. E, assim, você pode decidir por negar ou restringir as condições de pagamento. 

Invista em análise de crédito

Há um ponto mais informativo e completo que a consulta do CPF: a análise de crédito. 

Essa análise pode ser feita por meio de ferramentas tecnológicas que permitem analisar o crédito no momento da venda. Com isso, além de consultar os órgãos de proteção ao crédito, você contará com um sistema que fornece informações estatísticas do mercado e dados do histórico do cliente.

A partir disso, você sugere as melhores condições e limites de parcelamento, favorecendo loja e cliente. 

Seja claro em relação às regras do crediário

Ao vender no crediário para um cliente, procure ser claro e transparente em relação às regras do seu crediário. Para garantir isso, é fundamental que sua loja tenha uma política de crédito bem clara aos vendedores também, uma vez que são eles que vão esclarecer as regras aos consumidores.

Com uma política bem definida, no momento da compra, passe todos os detalhes sobre as condições de pagamento disponíveis, incluindo os prazos, o valor total e como ficará parcelado. 

Deixe claro a necessidade da consulta do CPF e da análise de crédito e também ressalte as implicações de não pagar a prestação na data do vencimento. Esse é o momento do cliente ter certeza se quer optar pelo crediário como forma de pagamento. 

Aprenda a cobrar de maneira eficiente para reduzir a inadimplência

Além de lidar com a inadimplência evitando-a, um ponto a se considerar é o momento pós-venda, em que espera-se de fato pelo pagamento do cliente. Nesse caso, sua loja pode atuar com uma boa política de cobrança. 

Muitos clientes deixam de pagar apenas por esquecimento. Isso poderia ser resolvido facilmente com um lembrete. Portanto, encarregue-se de enviar um SMS, uma mensagem no WhatsApp ou um e-mail apenas lembrando que o momento do vencimento se aproxima.

Caso mesmo assim o pagamento não seja feito, adote uma postura adequada para cobrar um cliente e realmente receber.

Uma boa opção – depois de ter tentando contato por vários canais – é realizar uma chamada telefônica, na qual a conversa poderá ser mais clara. Para isso, sempre priorize a conversa amigável e a linguagem respeitosa. Trate o cliente como um verdadeiro amigo que você não pode perder de maneira alguma.

Seja sempre pacífico, caso contrário, pode gerar insatisfação e agressividade, afastando o cliente da sua loja e até gerando má reputação.

Em situações de negociação – que podem ser ótimas para sua loja reduzir a inadimplência –, também é importante saber bem como realizá-la…

Saiba negociar

Enfrentar uma negociação pode ser algo bem comum que, muitas vezes, parte do próprio cliente. 

Por isso, nesse caso, é importante entender o histórico do cliente e a situação atual, afinal, ele pode ser um bom pagador que está passando por um momento de crise ou algum outro problema financeiro. Se for assim, é melhor negociar e mantê-lo de bem com seu negócio, certo?

Então, comece entendendo o momento e o comportamento do cliente. Caso não seja ele quem tenha oferecido a negociação, lembre-se de investigar os devedores para que você mesmo sugira a negociação em algumas situações. 

Um argumento bem eficaz nesse momento é fazer com que o consumidor entenda quais são os benefícios que ele perde caso não se regularize. Em alguns casos, pode ser a negativação ou mesmo restrições fortes na concessão de crédito.

Além de ressaltar a perda desses benefícios, evidencie também o interesse da loja em ajudá-lo a manter o seu poder de compra e mantê-lo como consumidor. Isso faz com que o cliente se sinta importante e acabe se esforçando mais para resolver a situação.

Invista em um sistema de gestão de crediário completo

Muitos dos conselhos que listamos aqui para reduzir a inadimplência são facilmente realizados com uma boa ferramenta de gestão de crediário.

Com ela, você tem acesso a um score de crédito que classifica o risco de inadimplência do cliente no momento da venda. Tudo feito de forma totalmente automatizada, em poucos segundos, sem mesmo ser necessária interferência humana. 

Não é preciso enviar nenhum documento para aprovar a venda. Tudo é feito na hora e o sistema ainda sugere as condições ideais de parcelamento para cada tipo de cliente.

Além de garantir uma venda eficaz, a ferramenta também cobre a cobrança. Um time de especialistas trabalha para garantir a recuperação de dívidas sem prejudicar o relacionamento da loja com o cliente inadimplente. 

Todo o processo é feito de acordo com o perfil do devedor, por meio de mensagens via WhatsApp, SMS, email ou ligações telefônicas. 

Com isso, a sua única missão e preocupação é vender, o restante fica por conta do sistema!

Quer otimizar a gestão do crediário da sua loja? Veja mais detalhes dessa solução completa clicando aqui!

Publicado por: Milton Goetten de Lima