Como negativar um cliente devedor?

Como negativar um cliente devedor?

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

Se você trabalha com crediário na sua loja sabe que, em algum momento, pode acabar tendo que lidar com um cliente devedor.

Já fique sabendo que negativar não é a melhor opção para esse caso, afinal, isso poderia afetar de forma muito negativa o relacionamento entre a loja e o consumidor.

Para esclarecer toda essa situação, neste artigo, explicaremos quais são os passos para negativar um cliente devedor e qual o momento e contexto ideal para tomar essa medida. Vamos lá?

Passos para negativar um cliente devedor 

Depois de enviar lembretes, avisos e mensagens de cobrança para o seu cliente, talvez você tenha decidido negativar.

Saiba, então, que o processo de negativação de um cliente envolve alguns passos, mas também muita cautela. Queremos te ajudar e simplificar isso, portanto aqui vai um passo a passo:

Cadastro inicial do cliente

Para negativar um cliente devedor, é preciso ter o cadastro inicial completo na loja. No momento de negativar, você precisará informar todos os dados da pessoa e da dívida, como nome completo, CPF, endereço, valor e data da compra e vencimento.

Se todos esses dados forem informados corretamente na hora da compra, o processo será bem mais fácil, já que, em caso de divergência de dados, o sistema recusa a negativação. Portanto, certifique-se de que as informações estão completas e corretas. 

Mantenha um documento confirmando a dívida

As lojas que trabalham com o crediário comumente usam o carnê. Nesse caso, o ideal é que o lojista solicite que os clientes apresentem um documento com foto para conferir a assinatura no momento da compra.

Se isso não for feito adequadamente, a loja corre o risco de ser acionado na justiça por conta de uma contestação de uma cobrança indevida. Assim, é preciso manter um documento confirmando a dívida para evitar esse tipo de complicação.

Acesse o sistema do SPC ou outro birô

Para seguir o processo de negativar um cliente devedor, você deverá acessar o sistema do SPC ou de outro birô de sua preferência.

Caso escolha o SPC, por exemplo, você precisará ser associado à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da sua cidade e pagar uma taxa de uso. Já no Serasa é preciso que a empresa se filie ao serviço.

Em ambos os casos você precisa informar seu CNPJ e os dados do cliente que já mencionamos: nome completo, CPF, endereço, valor da dívida, data de compra e de vencimento. Depois disso, o órgão vai informar o devedor sobre a dívida.

Todo esse processo também pode ser feito por meio de um sistema de gestão de crediário que trabalhe para garantir a recuperação de dívidas, sem prejudicar o relacionamento do seu negócio com o cliente inadimplente, e se encarrega de todo o processo de negativação de forma mais assertiva, pois utiliza regras e ferramentas que dão agilidade no processo de recuperação do valor.

Após quitar a dívida é importante não se esquecer de descadastrar o consumidor do sistema para que ele tenha o nome limpo e possa voltar a comprar normalmente. 

No caso do Serasa, por exemplo, após o pagamento da dívida, a empresa credora tem 5 dias úteis para retirar o nome do consumidor do banco de dados e precisa entregar ao cliente um recibo ou comprovante de que a dívida está quitada.

Por que é necessário e quando negativar um cliente devedor? 

Negativar um cliente devedor é uma maneira de recuperar as dívidas. Muitos dos clientes, ao descobrirem que estão com o nome sujo, optam por pagar e também passam a dar mais atenção à organização de suas finanças.

Além disso, o ato de negativar é importante para ajudar o mercado de crédito a conhecer os consumidores e sua capacidade de pagamento.

Se todos os lojistas se encarregarem de negativar os devedores, a qualidade da análise de crédito será bem melhor, já que ela é feita com base nos dados fornecidos para consulta.

E quando é possível negativar? Alguns estados têm seus próprios prazos. No site do Serasa, o prazo mínimo evidenciado é de 15 dias de atraso. Apesar disso, não há prazo estabelecido, por exemplo, no Código de Defesa do Consumidor.

Sabendo disso, pode parecer confuso ou até interessante negativar os devedores assim que a prestação vence. Mas, acredite, essa não é a melhor opção.

A recomendação é que você espere entre 30 e 45 dias para efetuar a negativação. Nesse período, você pode ligar para o devedor e deixá-lo bem ciente da situação, podendo, por fim, tentar renegociar a dívida, objetivando o melhor pros dois lados.

Em resumo, você deve negativar, sim, mas é preciso ter cautela. Antes de negativar um cliente, você precisa pensar no relacionamento que ele tem com a loja. Preze por isso e esgote todas as possibilidades de negociação antes de partir para a negativação de fato.

E saiba que tudo isso pode ficar bem simples com uma ferramenta de gestão de crediário que permite você vender no crediário com segurança e que inclua:

  • Especialistas em cobrança trabalhando para garantir a recuperação de dívidas;
  • Ações de cobrança executadas com base no perfil do devedor;
  • Processo de negativação do cliente e negociações.

Ficou interessado? Conheça nossa ferramenta de gestão de crediário completa agora mesmo!

Publicado por: Milton Goetten de Lima