Carnê ou cartão: qual a melhor opção para o crediário?

Carnê ou cartão: qual a melhor opção para o crediário?

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

Você ainda tem dúvida quando o assunto é vender crediário no carnê ou adotar o cartão na sua loja? Se sim, este artigo é para você!

Todas as opções envolvem vantagens e desvantagens, mas é preciso ter em mente que a melhor opção é aquela que faz o cliente voltar à sua loja.

Por isso, já podemos afirmar que o carnê é muito mais vantajoso, tanto para a loja quanto para o cliente.

Se ainda não tem tanta certeza, continue a leitura para entender os motivos…

Por que o cartão não é tão vantajoso?

Para começar, é importante compreender a diferença entre os tipos de cartão. O cartão private label é uma modalidade de crédito emitida por uma empresa de financiamento comercial que será concedido pela loja para os clientes realizarem suas compras.

O cartão co-branded é bem parecido, também é oferecido por uma financeira, a diferença é que ele permite comprar em outros estabelecimentos além da sua loja. 

Independentemente do tipo do cartão, vale dizer que ele não mantém o cliente na sua loja sempre, porque normalmente oferece a possibilidade do cliente pagar a fatura em outra instituição financeira.

Outra desvantagem é que ele pode ser esquecido. O cliente vai à sua loja, mas esquece o cartão em casa. Se você vender crediário no carnê, isso não é uma preocupação.

Além disso, com o cartão, há o risco de superendividamento do cliente. Dependendo do cartão adotado, como o cartão de crédito e o co-branded, o cliente pode fazer compras em vários estabelecimentos dos mais diversos segmentos. 

Comprando em vários lugares, o consumidor pode acabar com uma fatura de 1000 reais em vez de uma parcela de 30 reais que seria paga diretamente na loja, caso tivesse comprado parcelado no crediário.

E a situação pode piorar: se ele não paga a fatura, perde a ferramenta de crédito e, consequentemente, o comércio perde o cliente. Ou seja, desvantagem para o consumidor e, ao mesmo tempo, para a loja também. 

Quem trabalha com uma boa ferramenta de gestão de crediário, sem financeiras no meio, consegue controlar esse endividamento, uma vez que trabalham com a análise de crédito.

E por falar em análise…

No cartão, não tem análise de crédito 

No caso do cartão, os clientes não precisam ser analisados em todas as compras. A análise acontece entre períodos mais longos, enquanto no crediário próprio a frequência é maior.

Isso é negativo para sua loja, porque é fundamental que você saiba como esse cliente está financeiramente no momento da venda. Com a análise, você pode descobrir se ele passa por um momento de baixa, por exemplo, ou se já ficou inadimplente em outra loja.

Com o sistema de gestão de crediário, isso fica ainda mais simples, à medida que identifica o risco da venda.

Agora que já sabemos as principais características do cartão, vamos passar ao crediário…

Vantagens de vender crediário no carnê

Um excelente método para sua loja continuar vendendo é fazer com que os clientes continuem voltando à sua loja. Uma das vantagens de vender crediário no carnê é justamente fazer os consumidores retornarem. 

Os clientes voltam à loja para pagar

Vendendo no crediário por meio do carnê, as parcelas só podem ser pagas se o cliente for até a loja. Assim, eles precisam voltar ao local e também voltam a entrar em contato com os produtos, novidades e promoções.

Além disso, a constância faz amadurecer o relacionamento do cliente com a loja, fortalecendo a interação e criando mais uma chance de fidelização. 

Você é dono da sua carteira de clientes

Ao vender crediário no carnê, você é totalmente dono da sua carteira de clientes, sem nenhuma outra empresa no meio acessando os dados.

O que acontece é que muitas vezes algumas financeiras oferecem cartão para a loja, como o co-branded e private label, e, em troca, acabam ficando com os dados, ou seja, você não é dono da sua carteira de clientes.

Ainda que o cartão tenha a logo da sua loja, ao optar por esse modelo, você automaticamente entrega sua carteira de clientes para terceiros.

Ao vender no crediário, você tem total controle da carteira e dos dados dos seus clientes e pode transformá-los em informações úteis e estratégicas para continuar vendendo e controlando a inadimplência.

Com uma ferramenta de gestão de crediário, tudo isso é possível. Você tem acesso a um score de crédito que classifica o risco de inadimplência do cliente no momento da venda e oferece uma opção de crédito com pagamento garantido para a loja. 

Tudo isso feito de forma totalmente automatizada, em poucos segundos, e sem a preocupação de cobrar e receber, é só vender!

Quer saber mais sobre essa solução? Clique aqui e confira todas as vantagens de uma ferramenta de gestão de crediário.

Publicado por: Milton Goetten de Lima