Você está preparado para as vendas do dia das mães?

Você está preparado para as vendas do dia das mães?

Últimos posts por Milton Goetten de Lima (exibir todos)

As vendas do Dia das Mães são extremamente relevantes para o comércio varejista. A data é identificada como a segunda mais importante para o setor, ficando atrás apenas do Natal. Com o mês de maio se aproximando, a pergunta que precisa ser feita é: sua loja está preparada para atender bem os consumidores?

Além de entrar no clima e decorar a loja com a temática de Dia das Mães, o comerciante deve estar pronto para o aumento da movimentação de clientes, procura de peças específicas e maior fluxo de caixa. As vendas do Dia das Mães podem ser decisivas para o planejamento do restante do ano.

3 pontos de atenção para aumentar as vendas no Dia das Mães

Para garantir bons resultados, o lojista deve dar atenção a algumas questões específicas de seu estabelecimento. Resumidamente, existem 3 pontos importantes para análise:

1 – Estoque

Nessa época do ano é comum que a demanda aumente e que alguns produtos sejam mais procurados que outros. Isso significa que o estoque merece uma atenção especial. 

É necessário fazer um levantamento prévio sobre as tendências atuais, além de estudar melhor o público-alvo para saber suas preferências.

2 – Equipe de vendedores

Uma equipe de vendas bem preparada é fundamental para qualquer loja, independente do seu tamanho. Os vendedores devem ser bem orientados para dias de alto movimento, tendo em vista sempre o melhor atendimento. Vale a pena investir em treinamentos e workshops para que toda a equipe esteja alinhada para as vendas de Dia das Mães.

3 – Divulgação da loja

Atualmente, a divulgação mais eficaz para uma loja é feita no meio online. Cada estabelecimento pode adotar uma estratégia diferente de comunicação, de acordo com o seu público-alvo. O que todas elas têm em comum é o uso das redes sociais para maior alcance. 

Como preparar sua loja?

Ao começar as preparações de vendas para o dia das mãe, é essencial seguir um planejamento baseado no calendário anual do varejo. Diferente dos demais, o calendário do varejista é dividido por datas comemorativas.

Para os lojistas, existe o que podemos chamar de demanda sazonal, que é a procura de produtos específicos em determinadas datas do ano. Por isso, planejar o calendário anual com um prazo maior é uma boa estratégia de vendas.

O planejamento do mês de maio deve levar em consideração todo o histórico da loja na mesma época do ano anterior. Para quem prioriza organização, realizar relatórios detalhados de vendas após datas comemorativas pode facilitar este processo. 

Com esses documentos, o lojista tem acesso a dados importantes, como:

  • Número de vendas por dia ou semana;
  • Quadro de funcionários;
  • Reposição de estoque;
  • Avaliação de preços e produtos;
  • Aumento de movimento.

Com essas informações, é possível ter um panorama geral de como foi o último ano e realizar uma projeção do que se espera para o atual. Dessa forma, o lojista pode estabelecer metas e realizar contratações, além de diminuir gastos desnecessários.

Além de um bom planejamento, o treinamento de vendas para a equipe é fundamental para garantir um bom atendimento no Dia das Mães. O ideal, é que essas atividades preparatórias sejam feitas algumas vezes durante o ano e reforçadas em épocas mais importantes.

Vendedores, gerentes, caixas e até mesmo estoquistas e auxiliares de limpeza devem estar alinhados e preparados para atender uma alta demanda. O atendimento ao cliente é um dos principais pontos lembrados pelo consumidor na hora de escolher seu local de compra.

A divulgação, como já citado acima, é outro ponto fundamental no preparo da loja para as vendas do Dia das Mães. Fazendo parte do planejamento, a comunicação entre loja e consumidor deve ser clara. Também é importante que seja realizada em diferentes plataformas, no meio online e offline.

Isso significa que o lojista deve investir em redes sociais como o Instagram e o Facebook, sem esquecer de se comunicar com o seu público pessoalmente. Decorar a loja, montar vitrines chamativas e distribuir panfletos com produtos e preços são dicas simples que ainda funcionam. 

O varejista precisa mapear onde encontra-se o seu público e como conquistar novos consumidores. Dessa forma, sua divulgação será mais assertiva e trará melhores resultados de vendas.

5 dicas para aumentar as vendas do Dia das Mães 

Como visto, planejamento e capacitação de equipe são fundamentais para garantir resultados positivos nas vendas de Dia das Mães. Com colaboradores bem preparados e divulgação feita da forma correta, os lojistas tendem a aumentar o fluxo de caixa de suas lojas.

Para ajudar a não apenas oferecer um bom atendimento, mas aumentar as vendas e transformá-las em lucro, separamos 5 dicas que para ser aplicadas no Dia das Mães. Confira!

1 – Crie kits temáticos

Quem não gosta de praticidade? Criar kits personalizados no Dia das Mães pode ajudar aquele cliente indeciso ou então aquele atrasado na escolha do melhor presente. 

Colocar produtos semelhantes e criar um tipo de desconto, comparado a venda separada, são formas de agradar o consumidor e garantir resultados.

Use embalagens temáticas e aproveite para vender aqueles itens que estão parados no estoque há algum tempo.

2 – Construa um cenário de venda adicional

Procure dar descontos progressivos em produtos da mesma linha ou em acessórios. Mostre a importância de criar um presente completo para uma pessoa tão especial.

Outra ideia é colocar produtos disponíveis em prateleiras próximo ao caixa. Ao caminhar em direção ao pagamento, o consumidor pode encontrar mais algum item de seu agrado e aumentar sua compra.

3 – Aproveite as vendas para fidelizar clientes

Um bom atendimento, muitas vezes, é o suficiente para fidelizar o cliente. Porém, para garantir a sua volta, o lojista deve investir em ações que mantenham o consumidor interessado em sua loja e produtos. 

Para isso, é possível:

  • Oferecer brindes por compras acima de determinado valor;
  • Dar descontos para pagamentos à vista;
  • Fazer um cadastro rápido que ofereça benefícios a médio e longo prazo.

4 – Invista em personalização de embalagens

Em lojas menores, é comum observar uma etiqueta feita a mão ou uma embalagem personalizada para clientes. Se for possível colocar esse tipo de ideia em prática, você pode ganhar alguns pontos na hora da venda.

Em casos de lojas maiores e com muito movimento, a ideia pode ser colocada em prática de forma diferente. Fazer sacolas temáticas e investir em embalagens especiais de presente pode ser um grande diferencial no seu estabelecimento.

5 – Ofereça desconto na próxima compra

Oferecer um cupom de desconto para a próxima compra é uma forma de agradar o cliente e ao mesmo tempo fazê-lo voltar em pouco tempo.

Use um cadastro simples e envie um cupom por e-mail, estabelecendo uma data limite para que a compra seja feita. Junto ao cupom, também pode ser enviado uma lista de produtos com de acordo com o perfil do cliente, para que a compra seja feita até mesmo online.

Para ler mais dicas e saber como melhorar as vendas da sua loja de varejo, continue acompanhando nosso site

Publicado por: Milton Goetten de Lima